skip to Main Content

Marcenaria inteligente: como garantir espaços otimizados e funcionais

Marcenaria inteligente: como garantir espaços otimizados e funcionais

Os lançamentos imobiliários dos últimos anos evidenciam uma tendência crescente no mundo todo: as moradias estão menores do que antigamente. Nesse cenário, a equação espaços pequenos x múltiplas funções se torna um desafio. Para otimizar espaços e atender plenamente às necessidades das pessoas, a utilização da marcenaria inteligente é essencial.

Mas o que é marcenaria inteligente?

Na comparação com a marcenaria convencional, a marcenaria inteligente é aquela que prima por encontrar soluções criativas para armazenar, decorar e proporcionar uma boa estética aos ambientes. Atender às necessidades das pessoas, gerando um ganho de espaço e otimizando as áreas disponíveis, é uma das regras principais desse conceito.

Como a marcenaria inteligente se popularizou?

Antes de detalhar esse conceito, é importante citar o seu contexto histórico. No passado, adquirir uma moradia com 300 metros quadrados não era necessariamente um hábito de luxo. Os apartamentos eram maiores e ter um lar espaçoso não tinha relação direta com poder aquisitivo.

Com o crescimento dos grandes centros comerciais e com a população cada vez mais “urbana”, as opções de terrenos para o mercado imobiliário começaram a reduzir. Com isso, os apartamentos diminuíram e a maior parte dos lançamentos tem menos de 100 metros quadrados – em muitos casos, nem a metade disso.

E quais são as vantagens da marcenaria inteligente?

A marcenaria inteligente visa aproveitar os espaços da forma mais funcional e criativa possível. Veja cinco das suas principais vantagens:

– Melhor otimização dos espaços;

– Utilização de móveis multifuncionais nos ambientes;

– Cômodos projetados para atender às necessidades de cada morador;

– Harmonização dos espaços compartilhados;

– Melhora na circulação dos ambientes.

Como aplicar a marcenaria inteligente?

A marcenaria inteligente pressupõe sempre materiais de alta qualidade. Os móveis desse conceito também são resistentes, personalizados e duráveis, com baixa necessidade de manutenção.

Veja a seguir exemplos práticos da aplicação da marcenaria inteligente.

* Aposte nos móveis multifuncionais

Uma das características da marcenaria inteligente é a multifuncionalidade. Nesse sentido, não faltam ideias para decorar a casa priorizando a praticidade.

As escadas, por exemplo, podem abranger armários na parte inferior, o que ajuda a aproveitar o espaço em moradias menores. Outro exemplo simples são os sofás com uma base de madeira que pode se transformar em um grande gavetão.

 

* Crie cômodos dentro de outros cômodos 

Muitas vezes as pessoas desistem de ter certos ambientes em suas casas por falta de espaço. O home office é um exemplo clássico – existe a vontade, mas nem sempre existe um cômodo para essa finalidade.

A marcenaria inteligente ensina que é possível criar cômodos dentro de outros cômodos! Em uma das paredes de um quarto, por exemplo, é possível desenvolver um projeto de uma estação de trabalho “escondida” dentro de uma prateleira com bancada.

 

* Torne a cozinha um local mais acolhedor 

Nos novos projetos imobiliários, a cozinha parece estar ficando cada vez menor. Muitas vezes, ela acaba se unindo à área de serviço e perde a sensação de acolhimento.

Com a marcenaria inteligente, é possível deixar esse importante cômodo mais prático e menos “duro”. Em uma bancada, por exemplo, uma possibilidade é embutir banquinhos ou cadeiras para tornar o ambiente mais convidativo.

 

* Aproveite a altura para armazenar 

Se o ambiente é pequeno para expandir para os lados, expanda para cima! Na hora de buscar formas de otimizar espaços, os armários altos são sempre uma boa saída.

Na área de serviço, aberturas altas podem servir para abrigar vassouras e outros objetos, deixando o ambiente clean e sem bagunça. A estratégia também funciona para banheiros: gabinetes altos e espelhados dão uma impressão de amplitude. Além disso, ao guardar vários itens no banheiro, o morador ganha mais espaço nos demais armários da moradia.

Fimma e Movelsul juntas em 2022 

A marcenaria vai ser um dos temas de destaque da Fimma e da Movelsul de 2022. As duas feiras acontecerão juntas pela primeira vez na história em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, de 14 a 17 de março. Toda a cadeia de madeira e móveis deve se reunir na cidade que é considerada o maior destino enoturístico do Brasil.

Veja mais informações sobre a Movelsul.

O polo moveleiro de Bento Gonçalves é o principal do país em número de empresas e peças produzidas. Além de Bento, ele envolve os municípios de Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira e Santa Tereza.

Confira mais detalhes sobre a Fimma.

Confira aqui outras novidades destinadas aos profissionais do setor de móveis e madeira!

Back To Top