skip to Main Content

Prêmio Salão Design: quais são as tendências da edição 2022

O Prêmio Salão Design é um concurso que ocorre há mais de 30 anos e reúne, durante todo esse tempo, mais de 15 mil histórias contadas por meio de projetos inscritos. É fascinante acompanhar os resultados desta premiação, não só porque reúne tendências e grandes nomes do design brasileiro, mas também porque, a cada edição, é feito um recorte do que está em alta no mundo mobiliário naquele momento. Ou seja: relembramos a história do design e do mobiliário nacional a cada nova edição da premiação!

Nesta edição de 2022, o Prêmio Salão Design reuniu 562 projetos inscritos por profissionais e estudantes. Os participantes pertenciam a 12 países e passaram por duas etapas de avaliação. Além de saber quais foram os projetos vencedores, hoje vamos ver três tendências que o Salão Design mostrou em 2022!

Funcionalidade já virou pré-requisito

Tudo em nossa vida está mais funcional depois desses dois anos em que convivemos com a pandemia, certo? O que uma vez já foi diferencial, agora é requisito básico!

Os móveis precisam ter uma ou mais funcionalidades para se destacarem no mercado. É claro que isso não serve como regra, mas ser apenas esteticamente agradável não é mais suficiente. Em entrevista ao podcast Somos Móveis, do Sindmóveis, a jurada do Prêmio Salão Design e historiadora Adélia Borges lembrou: “No fim, esse é o objetivo do design: melhorar a vida das pessoas”. 

E claro: não é preciso apenas melhorar a vida das pessoas, já que um móvel pode também facilitar a vida dos nossos companheiros, os pets! Isso se chama funcionalidade.

Móveis multifuncionais oferecem economia, bem-estar, versatilidade e valorizam o design do ambiente e da própria peça.

Personalização na forma de cores e matéria-prima

Imagine ter em sua casa um móvel só seu, com o seu DNA, de um jeito que ninguém mais no mundo tem? Pois essa é uma forte tendência também apresentada no Prêmio Salão Design!

Um móvel exclusivo é o sonho de quem procura singularidade na hora de montar sua casa. Partindo do conceito de que cada ser é único e diferente, o futuro é que isso seja cada vez mais transmitido nos lares! 

Apesar da personalização ainda ser um problema para as indústrias, o designer Paulo Biacchi, jurado no Prêmio Salão Design, acredita que com um bom planejamento, elas consigam se adaptar à ideia. “Eu sei que para colocar móveis personalizados em uma linha de produção é difícil, mas acredito que seja possível sim. Acho que tem tanto caminho para a gente sair desse normal e desse padrão, que é o que o povo está querendo”.

Madeira não precisa ser a única matéria-prima

Por muito tempo, a madeira foi a única matéria-prima protagonista nos ambientes! Nessa edição do Prêmio Salão Design, o cenário mudou.

O designer Fernando Mendes, também jurado desta premiação, comentou sobre o uso da madeira nos projetos expostos nessa edição do Prêmio Salão Design. “A madeira está presente, claro, mas a gente também encontra diversas soluções de mobiliário que utilizam alumínio ou revestimentos com uma maneira diferente de fixação.  O uso de madeira não foi o protagonista de material em um prêmio que se dedica ao mobiliário: isso é muito interessante”.

Vamos para um exemplo prático? O ganhador do Prêmio Salão Design na categoria Desafio das Experiências Positivas, Gabriel Antunes Henke Carrano, utilizou metal tubular dobrado para construir sua casa pet Pudu. Henke contou também que está desenvolvendo pés de apoio niveladores para uma maior estabilidade e proteção do animal, assim como diferentes tamanhos da casinha. Incrível, não é?

Casa Pet PUDU, feita pelo designer Gabriel Antunes Henke Carrano

E quem se destacou no Prêmio Salão Design?

Os dois projetos vencedores na categoria “Desafio da Identidade Brasileira 2022” foram desenvolvidos pelos designers Maria Dalila Bohrer e Bruno Camarotti. Maria apresentou o Banco Movimento 5: ela fez uso da marchetaria para reinterpretar desenhos, pintura corporal e a ornamentação utilizada por grupos indígenas do norte do Brasil.

Bruno se inspirou no projeto do Iate Clube Santa Paula, do arquiteto Vilanova Artigas, para fazer o banco multifuncional Tabuba que funciona como assento ou até mesmo como divisor de ambientes.

Banco Tabuba, criação do designer Bruno Camarotti

Ibanez Reck Razzera recebeu menção honrosa na categoria pela Cadeira Sela, que faz um resgate cultural do pampa gaúcho, simbólico e a valorização da mão de obra artesanal.

A vencedora da categoria Desafio da Tecnologia Embutida foi a bento-gonçalvense Marta Manente com o Sofá Maré. O projeto foi manufaturado com materiais altamente resistentes a tempestades, podendo ser utilizado em ambientes externos, incluindo na beira da piscina. Isso porque não absorve água nas almofadas e não mancha com o cloro! Além disso, fazer sua manutenção e higiene exigem pouquíssimo esforço.

Sofá Maré, projeto feito pela designer Marta Manente

A Mesa Latitude, projetada pela designer Camila Fix em conjunto com Flavia Pagotti Silva, Rejane Carvalho Leite e Amelia Tarozzo, recebeu menção honrosa na categoria. A Mesa Latitude é executada em Teca maciça escurecida por meio de um processo de termo tratamento, que atinge toda a estrutura da madeira imprimido naturalidade no escurecimento e conservando os veios dela

O designer Dari Beck conquistou a categoria e a menção honrosa do Desafio do Uso de Painel, no Prêmio Salão Design. A Linha Joy, vencedora do prêmio, apresenta soluções completas para mesas de trabalho, plataformas de trabalho simples e espelhadas, mesas de reunião e mesas de gestores. Seu Aparador-14Biss, que recebeu menção honrosa, homenageia o mestre da aviação Alberto Santos Dumont. Sua estrutura é leve e não convencional, além de ser  toda desmontável, fácil de transportar e montar.

E quem levou a categoria Desafio dos Espaços em Transformação foi Camila Fix, juntamente com suas parceiras Flavia Pagotti Silva, Rejane Carvalho Leite e Amelia Tarozzo. O Banco Tangará, vencedor do Prêmio Salão Design, foi concebido a partir das necessidades que surgiram a partir da pandemia, e é uma peça compacta, multifuncional, que pode ser usado no hall ou na sala. O item possui um mancebo e nicho para encaixe de guarda chuvas, para colocar objetos e possui uma prateleira para os sapatos embaixo do assento. 

Fimma e Movelsul juntas em 2022

Tendências, brasilidade e designs inovadores estarão te esperando na Movelsul 2022, a principal feira de móveis da América Latina, que ocorre do dia 14 até 17 de março. 

Veja mais informações sobre a Movelsul.

Em edição histórica, a feira ocorre juntamente com a Fimma 2022, que é referência em máquinas para a indústria moveleira. Toda a cadeia de madeira e móveis deve se reunir em Bento Gonçalves nos quatro dias de evento. 

Confira mais detalhes sobre a Fimma

Acesse aqui outras novidades destinadas aos profissionais do setor de móveis e madeira!

Back To Top